Ir para conteúdo

Smart Fortwo Passion Cabrio é um kart urbano

Pequeno, ágil e bastante divertido. O Smart é um daqueles carros que antecipa o futuro e dá uma perpectiva de alguns modelos que teremos em poucos anos nas ruas. O conceito surgiu no final dos anos 90 e ganhou popularidade e notoriedade na Europa.

São 2,69 m de comprimento por 1,50 m de largura. O carro todo equivale a uns três passos. E foi justamente essa a idéia da marca ao pensar em algo que pudesse andar com agilidade, estacionar em lugares bem pequenos e, de quebra, gastar pouco combustível.
No Brasil o Smart desembarcou em 2009. Porém, em nosso mercado ele se tornou um carro destinado a um público mais descolado, longe da propotsta original. De qualquer modo, passar uma semana a bordo do carrinho, me permitiu conhecê-lo em detalhes, bem como suas qualidades e – poucos – defeitos.
Ele vem bem equipado de série, com rodas de 15 polegadas, sistema de áudio de primeira, tela central com GPS integrado e só ficam faltando mesmo a regulagem de altura do volante e o computador de bordo. No quesito segurança, nota máxima, com quatro airbags, ABS e controle de estabilidade.
Mas é rodando que suas outras qualidades aparecem. A transmissão automatizada de cinco velocidades dá alguns trancos no modo automático, mas basta escolher o modo manual para minimizar seus efeitos e ter um passeio mais agradável. As trocas podem ser feitas através das borboletas no volante ou na própria alavanca.
E quando instigado o Smart mostra seu lado mais agressivo. O motor turbo de três cilindros e 999 cm³ tem um torque razoável (12,2 kgfm) que, aliado ao modo manual e suspensão com ótimo acerto (apesar de sofrer um bocado em nossas ruas), torna o carrinho um verdadeiro kart.
Isso pôde ser visto em saídas rápidas de semáforo, curvas em velocidade e retomadas vigorosas, abrindo caminho entre sedãs maiores e mais potentes. Mais divertido do que isso, só reparar no olhar incrédulo de algumas pessoas.
O preço, como foi dito no início, é alto (R$ 71.900,00 sem levar em conta o aumento do IPI), mas a idéia de transporte individual e sustentabilidade é inegável no pequeno. Além disso, ele é o conversível mais barato do mercado, o que garante bons momentos de diversão em dias ensolarados e uma pontinha de inveja, provando que tamanho – decididamente – não é documento.

Exemplar cedido pela Mercedes-Benz do Brasil.

Smart Fortwo Passion Cabrio

Turbo e 84 cv

Bom de curva

LEDs

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: