Ir para conteúdo

Puma GTB S1

Puma GTB

Desde o dia em que nascemos somos confrontados sobre a necessidade de escolher algo. Profissão, destino, caminhos a seguir. Sempre existem dois lados em todas as situações. Ganhar ou perder, direita ou esquerda, certo ou errado. E essa foi a idéia do ensaio desta semana, que buscou evidenciar luz e sombra. O escolhido para essa metáfora foi um grande modelo nacional: o Puma GTB.

S1

Cockpit

4.1 litros

Felino

Detalhe

1978

VÍDEO

A ciência já comprovou que o cérebro também tem dois lados, um dedicado à emoção e outro à razão. Acredito que o leitor vai utilizar somente o lado emotivo para apreciar as imagens e conferir o vídeo – imperdível – dessa fera em ação. O GTB – de Gran Turismo Brasileiro – tem um estilo único e bastante peculiar. A luz evidenciou suas linhas jovens e perfil esportivo típico dos anos 70, com a traseira alta e belas rodas de 14 polegadas.

Mas existe também o lado escuro, mais agressivo, quando o felino mostra as garras e parte em busca de sua presa. O “rugido” da fera ano 1978 vem do famoso motor Chevrolet, com 4,1 litros e 171 cv brutos. Some-se a isso o escape dimensionado e terá uma idéia do ronco crescendo nas ruas. O logotipo na traseira não deixa dúvidas: o Puma precisa esticar os músculos.

Andando pelas ruas em um sábado de manhã é fácil notar que após trinta e um anos seu estilo não passa despercebido. E continua atual, de certa forma. Os antigos, aliás, têm essa característica. Já disse aqui no blog que a receptividade das pessoas em relação a essas máquinas do tempo é sempre simpática. E essa primeira geração do GTB se tornou extremamente rara de ser vista original e esbanjando vitalidade.

Sem trocadilhos, é possível afirmar que ele é um modelo quase extinto e que só sai da toca para passeios ocasionais. Mas segue um aviso: seu temperamento se torna áspero em questão de segundos e isso pode provocar altas doses de adrenalina. Mas não há o que temer. O GTB – certamente – agrada aos dois lados do cérebro.

Agora reveja as fotos com a luz apagada e repare como a idéia inicial do ensaio ganha uma nova dimensão.

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

12 comentários em “Puma GTB S1 Deixe um comentário

  1. Caro Bellote,Parabéns pelo ensaio.Gostaria, porém, de fazer uma observação: esta versão de Puma recebia a denominação de GTB, e não de GTB S1. A evolução deste modelo, sim, recebeu o complemento, sendo denominada de GTB S2.Cordial abraço,Renato Chedid

    Curtir

  2. E RALMENTE UM BELO EXEMPLAR DO GTB-S1, PENA QUE A PUMA E SUAS SUCESSORAS NÃO CONSEGUIRAM SOBREVIVER, QUEM SABE HOJE EXERTIRIAN ESPORTIVOS DE VERDADE NACIONAIS, NÃO ESTES PSEUDOS ESPORTIVOS QUE TEMOS QUE ENGOLIR!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: