Ir para conteúdo

SIX PACK: O CÓDIGO DE PERFORMANCE DA MOPAR

Em meados da década de 60 um novo tipo de carro chegou às ruas nos Estados Unidos: o muscle car. O Pontiac GTO, lançado oficialmente em 1964, é considerado historicamente o primeiro representante desse estilo, que ficou consagrado pela combinação de motores grandes e torque de sobra.

O Dodge Challenger é aclamado por muitos entusiastas, incluindo este que vos escreve, como um dos maiores representantes do gênero. Ele chegou às lojas em 1971, ficou pouco tempo no mercado, mas logo mostrou sua essência brutal.

Um filme que ajudou a construir sua história de sucesso, altamente indicado, se chama “Vanishing Point”, no Brasil com o título de “Corrida contra o destino”, lançado em 1971 e que teve um remake em 1997. Vale a pena fazer uma busca no Youtube pelas cenas mais divertidas do longa.

O exemplar da matéria é um R/T de 1971. Ele traz como diferenciais o clássico jogo de rodas da Cragas, além do aerofólio nada discreto, porém item original desse pacote. Além disso sob o capô o lendário shaker balança a cada acelerada mais nervosa.

Nesse ponto vale ressaltar os atributos mecânicos do ícone. O motor V8 de 440 polegadas cúbicas e 7,2 litros traz o six pack, um opcional de época que trazia três carburadores duplos e despejava no asfalto nada menos do que 390 cv.

O mais divertido dessa história é a transmissão manual, algo até certo ponto raro em muscle cars. As quatro marchas são engolidas rapidamente quando o pé direito afunda no pedal do acelerador. Mas vale ressaltar que se afundar demais o motorista corre o risco de derreter os pneus e provocar uma nuvem de fumaça.

Gravar matérias como essa geram apenas um tipo de problema: um desejo angustiante de repetir tudo de novo. Brincadeiras à parte acelerar um muscle car clássico é uma experiência única, seja pelo estilo, história ou apenas pela sensação de sentir o corpo colando no banco.

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

2 comentários em “SIX PACK: O CÓDIGO DE PERFORMANCE DA MOPAR Deixe um comentário

  1. Bellote, bom dia…que tal vc fazer uma matéria, onde vc compara 3 Charger R/T: o modelo 1969 ou 1970 ‘B-body’, o brasileiro e o da geração mais recente?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: