Ir para conteúdo

Puma GTE 1972: patrimônio nacional

A partir de meados dos anos 60 e durante as décadas de 70 e 80 as importações estavam fechadas no Brasil. Quem acompanha a coluna semanalmente sabe que já comentei sobre o tema. Nesse sentido diversas empresas surgiram para suprir as necessidades de um mercado ávido por novidades.

A Puma foi uma delas, tem uma história bastante rica e, sem sombra de dúvida, a fabricante de modelos fora-de-série mais bem-sucedida da época. Além do mercado nacional exportou seus produtos para América, Europa e África, com versões marcantes e que fizeram muita gente sonhar.

Já falei sobre o GTB Daytona, ainda mais especial e também sobre um exemplar da versão GTS que teve a cilindrada aumentada para 1,9 litro, além da adoção do comando bravo e escapamento dimensionado, algo suficiente para levá-lo aos 120 cv, potência mais do que excepcional para o conversível.

Hoje a matéria é sobre o GTE 1972. Essa versão foi a precursora das exportações da marca e roda até hoje, como citado, em países da Europa, Ásia e Estados Unidos. O exemplar esbanja originalidade e estilo com itens de época e a melhor cor do catálogo, em minha opinião.

Um dos detalhes mais legais está no interior do carro. Prestem especial atenção nos bancos inteiriços com encosto de cabeça, acabamento de madeira no painel e o volante de três raios. No console central mais três instrumentos extras monitoram o funcionamento do esportivo.

Guiar os Puma GTS ou GTE é uma experiência única. Eles são baixos, têm uma dinâmica de condução que mescla esportividade e também um quê de Fusca, afinal é sua base. Mas mesmo assim o carro tem identidade própria, com chassi mais curto e muita desenvoltura.

Antes de encerrar a matéria deixo novamente minha homenagem ao amigo Felipe Nicoliello, maior especialista em Pumas do planeta, e que viveu contando sua paixão no blog Puma Classic (www.pumaclassic.com.br). Tenho certeza que seu legado sobreviverá através dos anos. Até a semana que vem!

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: