Ir para conteúdo

Gol GT permanece como sonho de consumo mesmo após 34 anos

A década de 80 está de volta às manchetes. Eu já comentei isso há algum tempo e as tendências mostram que estava certo. E assim como ocorre na música, na moda e na decoração o mundo automotivo também é cíclico e passa a valorizar novamente os ícones do passado após algum tempo.

Os modelos dos anos 80 comprovam isso. A recente valorização dos carros daquela época me lembra do primeiro carro que fotografei com a placa preta do blog. Era um Escort XR3 conversível, que há onze anos não era muito celebrado. Mas eu tinha certeza que seria um dia pela sua importância no contexto automotivo do período.

Os esportivos da Volkswagen, em especial, têm sofrido uma valorização ainda maior. E nada injustificável, afinal isso também ocorreu com os seus predecessores dos anos 70, com Maverick GT, Opala SS e Dodge Charger R/T e seus respectivos valores nas alturas.

Hoje vou falar sobre um dos hot hatches mais legais da década de 80, o Gol GT. Compacto, ágil e cheio de estilo se tornou um sonho de consumo da molecada, especialmente por conta do desempenho otimizado do motor de 1,8 litro com dupla carburação e o ronco grave do escapamento Kadron.

Vale dizer também que ele perdia feio do Escort XR3 quando o assunto era acabamento. Quem tem quase quarenta anos – ou mais – deve se lembrar que a Ford caprichava nesse quesito e se tornou uma referência na época. Detalhes como vidros elétricos e relógio digital eram alguns de seus diferenciais.

Mas quando se tem dezoito anos essas coisas ficam em segundo plano. E no quesito desempenho o Gol GT ganhava de lavada. O motor AP de 1,8 litro fez escola e se sobressaía pelo comportamento elástico e retomadas mais rápidas. Especialmente a partir de 1985 com a transmissão de cinco marchas.

O exemplar da matéria é da primeira safra e foi também o primeiro GT com placa preta do Brasil. Ele traz originalidade e a melhor cor da época. Quem tinha um deles em 1984 chamava atenção pela rua. E trinta e quatro anos depois a história se repete.

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: