Ir para conteúdo

Alfa Romeo 155: o modo italiano de fazer sedãs

A Itália é um dos lugares mais incríveis do planeta. Culinária, cultura e alguns dos cenários que valem a visita. Mas é no ramo automotivo que o refinado bom gosto fica mais evidente. São várias marcas e um único ingrediente usado por todas elas: a paixão pelas máquinas.

E falando em paixão temos que falar de Alfa Romeo. A marca milanesa, fundada em 1910, foi responsável por modelos inesquecíveis. Inclusive, teve um capítulo importante de sua história escrito em terras brasileiras, com o JK e o 2300 Ti. Em breve trarei matérias com eles.

Mas hoje vou falar de um sedã com uma trajetória bem legal nas pistas e nas ruas. O 155, ou a Alfa 155 (vamos pensar nela como uma bela italiana) traz um estilo todo particular, com desenho da Pininfarina e traços realmente sedutores.

O primeiro destaque é externo, com as rodas de 15 polegadas que têm um design fantástico. O estilo quadrado confere a ele uma grande personalidade, algo que nos faz lembrar dos modelos da Lancia. O DNA é parecido.

Mas o que chama mesmo a atenção é o cuore sportivo. O motor de quatro cilindros, 2 litros e 16 válvulas entrega 150 cv a 6.000 rpm, com torque de 19 kgfm. O som do conjunto em alta rotação é tipicamente italiano e faz bem aos ouvidos.

Falando em conjunto o sedã tem um temperamento nervoso e pede uma tocada mais esportiva. A alavanca de câmbio está em ótima posição e a embreagem é leve. Definitivamente é um carro feito para conhecer o verdadeiro prazer de guiar.

E foi nas pistas de corrida que o 155 se consolidou de forma definitiva. O ano era 1993 e Nicola Larini, com um belo exemplar rosso, levou a escuderia para muitas vitórias, 11 no total, e a conquista da DTM, em meio aos gladiadores alemães da BMW e Mercedes-Benz.

A versão de pista utilizava o famoso V6-Busso, sobre o qual falarei em uma matéria específica sobre a linhagem dos propulsores com coletores cromados. No Youtube existem vários vídeos do bólido em ação, bem como no Gran Turismo 4. Aliás, o primeiro lugar onde tive a oportunidade de guiar um modelo da marca. Arrivederci.   

Categorias

Artigos

Tags

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: