Ir para conteúdo

Indian Chief

Indian Chief

Essa semana o leitor que acessou o blog encontrou uma novidade. Pois é, criamos um novo espaço. O Piso Duas Rodas (PDR) vai abrigar alguns expoentes do mundo do motociclismo, mas com menor freqüência do que os carros. Máquinas que marcaram época e alguns mitos terão destaque para agradar a quem gosta desse modo de vida e também àqueles que preferem o conforto de um automóvel mas se sentem atraídos pelo desenho e história desses cavalos de aço, como é o meu caso.

1947

Detalhe

Perfil

Mito

Clássica

VÍDEO

E para inaugurar o novo piso, um exemplar mais do que especial. O ronco de um motor V2 é algo que embriaga o espírito de qualquer aficionado por motocicletas. Se for proveniente de um motor refrigerado a ar então, a mágica se completa. Nos dias de hoje a Harley-Davidson reina soberana nas ruas, mas houve um tempo em que dividia as estradas com uma grande concorrente: a Indian.

Fundada em 1901 na cidade de Springfield, a Indian Motorcycle Company é fruto do esforço de dois sonhadores: um projetista sueco e um empresário norte-americano, que juntaram suas forças e lançaram a primeira unidade com motores V2, em 1903. A empresa cresceu nos anos seguintes e se tornou a maior fabricante de motos dos Estados Unidos, com 20 mil unidades por ano, trazendo novidades como a partida elétrica e modelos imortais como Scout, Chief e Sport Scout.

A máquina das fotos é uma Chief ano 1947. Em excepcional estado de conservação, a veterana de 62 anos esbanja saúde e vitalidade com seu motor de 1.200 cm³ de cilindrada e 51 cv brutos. Um detalhe curioso é o câmbio de três marchas, do lado direito do tanque de combustível. O propulsor V2 emite um ruído que agrada aos ouvidos e anuncia sua chegada à distância.

Além da história e fama mundiais, exemplares da Indian já estiveram na garagem de artistas e personalidades como Steve McQueen. Uma dica de visita é o Motorcycle Hall of Fame Museum, em Ohio, que abriga também algumas unidades utilizadas pela polícia e pelo exército dos EUA.

A Indian ocupa um lugar de destaque no mundo das motocicletas, seja pelo estilo, ronco do motor ou apenas pelo fato de que a cabeça do chefe indígena no tanque de combustível estará para sempre gravada na mente de todos os apaixonados pela vida em duas rodas. Até a próxima semana!

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

10 comentários em “Indian Chief Deixe um comentário

  1. Excelente matéria sobre essa motocicleta que é a paixão de muitos aficcionados pela marca Indian…Obrigado por nos brindar com os carros e agora com as motos classicas.. parabens e abraços…

    Curtir

  2. Caro Renato,Que belo exemplar, e olhe que tem a minha idade…Acho que não comentaram com você, mas estas motos, de tão pesadas que são, têm \”marcha à ré\” também.Parabéns pela inauguração deste espaço Duas Rodas.Um abraçoAlexander Gromow

    Curtir

  3. Muito legal o PDR, sou louco por motos, principalmente BMW, acho que é pelo fato do tradicionalismo dos motores boxer de 26 até hoje. Na época dessa moto, a bmw já tinha cambio no pé como é hoje: 1-N-2-3-4. Não vejo a hora de ver por aqui uma delas. Parabéns pela garagem, as fotos são muito bem tiradas, parece que tem o feeling pra tirar fotos automobilisticasparabéns

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: