Ir para conteúdo

Museu da Mercedes-Benz é visita obrigatória em Stuttgart

Os museus guardam um tesouro bastante valioso para quem gosta de conhecer o passado: a história. Não custa lembrar que conhecer bem a história nos permite não repetir alguns erros cometidos e refletir para novas decisões que afetarão os rumos do nosso futuro.

No caso dos museus automotivos a ideia se repete. E na Europa, em especial na Alemanha, encontramos pelo menos quatro museus imperdíveis para quem gosta de carro. O da BMW, em Munique, Volkswagen, em Wolfsburg, e dois situados em Stuttgart, o da Porsche e o da Mercedes-Benz.

Recebi o convite da Mercedes-Benz Caminhões para cobrir o IAA 2018, em Hannover, a maior feira de veículos pesados do mundo. E também visitar a fábrica de caminhões de Wörth, onde são produzidas 400 unidades por dia e existe a possibilidade de customização dos veículos na linha de montagem. É algo impressionante.

Mas o primeiro dia foi destinado a conhecer o Mercedes-Benz Museum. Logo de cara chama a atenção o edifício moderno, com um quê futurista e cheio de personalidade. O projeto foi feito por um holandês e mescla modernidade do estilo com a riqueza histórica de seu interior.

O amplo espaço é dividido em segmentos específicos. Sabemos que a marca alemã inventou o automóvel. E não apenas isso. Por ali temos motocicletas, um aeroplano e a sequência de criações na área de caminhões e motores, com destaque para um propulsor boxer, anos antes de Ferdinand Porsche.

Seguimos descobrindo como o automóvel foi se tornando algo apaixonante e essencial em nossas vidas. E não apenas no sentido de ser um meio de transporte. O caminho em caracol nos leva aos veículos de serviço, caminhões clássicos – como o Transporter dos anos 50 – e também à parte de celebridades, com o papa-móvel e o SL 500 que pertenceu a Princesa Diana.

Por fim a imagem mais famosa do museu, que traz os carros de corrida que fizeram a fama da marca no automobilismo mundial. Flechas de prata, caminhões, ícones da DTM e Fórmula 1. Tudo isso você confere na matéria de hoje. E uma dica: vá pessoalmente quando tiver uma oportunidade.  

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: