Ir para conteúdo

Gol GTI foi pioneiro na injeção eletrônica e fez história entre os esportivos nacionais

Gol GTI. A sigla diz tudo. Provavelmente nem a Volkswagen imaginou que essa combinação daria tão certo. Lançado no Salão do Automóvel de 1988 não apenas conquistou novos consumidores como também fez muita gente mudar de marca. A versão quadrada ainda faz sucesso pelas ruas. 


Já tive a oportunidade de andar em mais de um GTI, incluindo o primeiro. Inicialmente os diferenciais externos chamam a atenção, como as duas cores, aerofólio, faróis auxiliares e, no caso desse exemplar, rodas da BBS de quinze polegadas. O interior traz bancos da Recaro e painel com grafismo vermelho, além do volante “quatro bolas”, sucesso inequívoco na década de 90.

Rodando o motor de 2 litros e 120 cv mostra suas virtudes. Imagine só isso tudo em 1994. Baixo peso e confiabilidade mecânica construíram sua trajetória. Sem falar das possibilidades de preparação. O ronco do escapamento Kadron somado ao excelente câmbio faz da experiência de guiar um GTI algo sempre especial.

Teste do punta-tacco: Nota 8. Mais um modelo que requer adaptação, pois a embreagem é alta. Porém, nada que algumas voltas não resolvam. 

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: