Ir para conteúdo

Stingray 1963: aceleramos o mais clássico dos Corvettes

O desenho sugere agressividade. O ronco lembra algo furioso. E o desempenho é um de seus pontos fortes. O Corvette Stingray é um dos carros norte-americanos mais lembrados quando falamos em paixão sobre rodas. E os exemplares de 1963, como esse da matéria são mais raros e exclusivos.

O desenho inspirado no conceito Makko Shark lembra mesmo um turbarão e, com esse mesmo apetite, atacou a concorrência, sem chance de defesa. Passamos um dia todos rodando em São Paulo e pudemos perceber que, além de esportivo, o clássico desperta olhares pela rua. Confira a matéria completa em vídeo. 
FICHA TÉCNICA
Motorização
327 V8, 5,4 litros
Potência: 300 cv
Torque: 49,7 kgfm
Transmissão: manual (4 marchas)
Desempenho

0 a 100 km/h: 6,2 s

Corvette Stingary 1963 300 cv Sem título Split window

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

2 comentários em “Stingray 1963: aceleramos o mais clássico dos Corvettes Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: