Ir para conteúdo

Muscle car: caras maus dirigem um Charger R/T 68

“Mopar or no car”. Mais do que palavras, um grito de guerra dos apaixonados pelas máquinas da Dodge, Chrysler e Plymouth nos quatro cantos do globo. Especialmente nos Estados Unidos, as marcas têm seu público fiel e – quase – fanático.

O Charger foi lançado em 1966, ainda seguindo um estilo mais conservador, porém com a tradicional grade fechando toda a dianteira. A primeira reestilização ocorreu dois anos mais tarde, assim como o lançamento da versão mais esperada: a Road and Track, ou simplesmente R/T.
O modelo ficou imortalizado através do cinema. No filme Bullitt o clássico divide a cena com o Mustang pilotado por Steve McQueen. A cena tem onze minutos de duração e deixa a platéia prendendo o fôlego até o desfecho. As ruas de San Francisco até hoje atraem turistas em busca do set de filmagem original.
Mas vamos ao clássico das imagens. O bólido atrai olhares de admiração e medo por onde passa (afinal, não dá pra separar uma imagem da outra). Debaixo do capô temos um V8, com 440 polegadas cúbicas e 390 cv. Brutalidade máxima com tração traseira e transmissão automática.
Guiar o mito é algo único. A cada pisada no acelerador a carroceria balança de forma nervosa e, caso o motorista não tome a devida cautela, a traseira varre o asfalto. Além de um meio de transporte que marcou época, o Charger R/T 68 é verdadeiramente um sinônimo de muscle car. Até!

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

5 comentários em “Muscle car: caras maus dirigem um Charger R/T 68 Deixe um comentário

  1. Gostaria de saber se há algum modelo, desse charger rt 68, com essa frente da grade inteiriça, que os faróis se levantam para acender, à venda no brasil. Estou louco atrás de um desses e ainda não achei. Pelo fato do blog de um jornalista automotivo, a chance de encontrar é maior, claro. Por favor, entrem em contato por e-mail (fgp_sk8board@hotmail.com) caso seja isso possível. Ok ?Desde já agradeço pela atenção e cooperação. Até breve,Fillipe G. Pedreschi

    Curtir

Deixe uma resposta para AnônimoCancelar Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: