Ir para conteúdo

156 V6 com face lift: o Alfa Romeo que a Fiat não vendeu no Brasil

O ano de 2004 foi marcado pelo Salão do Automóvel. O tradicional evento sempre reúne as novidades sobre a indústria automobilística. Nesse ano, em particular, uma das atrações do estande da Fiat atraía os holofotes: o Alfa Romeo 156 com face lift.

O exemplar exposto no Anhembi é filho único e, com o encerramento das importações do modelo, ficou na fábrica até que fosse comprado por um fornecedor. Até aí a história não tem grandes diferenças, a não ser o fato de ter sido blindado e repintado. Originalmente era vermelho.

Mais um fato interessante é que traz a configuração com motor V6, de 2,5 litros, 24 válvulas, 190 cv a 6.300 rpm e torque de 22,6 kgfm, diferente do quatro cilindros que era vendido por aqui. Realmente uma mosca branca e bem exclusiva.
Acelerar um modelo da marca italiana é sempre divertido, em especial com esse conjunto mecânico. Os bancos trazem abas nas laterais, o som do escapamento é sedutor e a pilotagem fica completa com o bom escalonamento do câmbio. Viva Italia!

Teste do punta-tacco: Nota 9. Os modelos italianos são conhecidos por essa qualidade e com o motor V6 ecoando ao fundo a brincadeira fica ainda mais divertida.

Garagem do Bellote Ver tudo

Renato Bellote, 41, é jornalista automotivo em São Paulo e colunista do portal IG. Nesse canal traz avaliações a bordo de clássicos, superesportivos, picapes e modelos atuais do mercado.

Garagem do Bellote TV: paixão por carros!

Imagens protegidas pela Lei de Direitos Autorais (Nº 9610/98)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: